quarta-feira, 27 de abril de 2011

103|Outra Historia


Preciso de uma outra historia,
farto-me de virar paginas mas não me encontro em nenhuma delas
Como se esta não fosse a que me está destinada.
Contem-me algo que eu queira ouvir,
algo que me diga o caminho que tenho de seguir,
sinto-me perdido, vejo o final cada vez mais perto
e continuo sem saber qual será o meu destino.
Não sei como cheguei até aqui
Tendo em conta por tudo o que já passei
não me impressiono nem me exalto
com todas as mazelas que permanecem marcadas
na minha pele.
Não preciso de mais mentiras,
não me importo que me critiquem
direi todos os meus segredos para poder continuar
mais leve e sem quaisquer ressentimentos.
Mas até lá continuarei na incerteza de qual será
o meu destino...

28 comentários:

  1. "Não preciso de mais mentiras,
    não me importo que me critiquem" *--*

    ResponderExcluir
  2. Gostei imenso :D

    Prémio no meu blog ;)

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. ah , e eu tbm'
    Me identifiquei muito com o que tu escreveu!
    Muito bom rapaz :D
    E que a certeza apareça!
    Beijos ;*

    ResponderExcluir
  5. Oh, obrigada Gonçalo :)
    Também adorei este, está divinal :')
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  6. é viver a vida e aproveitá-la ao máximo, pois em cada momento há uma nova historia :)

    ResponderExcluir
  7. O destino é sempre uma incerteza, feliz ou infelizmente :)

    ResponderExcluir
  8. és muito querido , obrigada pelas simples palavras *

    ResponderExcluir
  9. Quase toda a gente usa ou já usou , parece que está na moda o aparelho xD

    ResponderExcluir
  10. Mesmo, tens toda a razão. Eu queria mesmo muito poder vir cá todos os dias, mas não dá :s Obrigada querido (:

    ResponderExcluir
  11. Oh obrigada gonçalo, és um querido áserio :)
    tbm escreves muito bem e mesmo quando n escrevo venho ca todos os dias ver se tens um novo post, nao tenho e mt tempo pa comentar

    ResponderExcluir
  12. Deve ter estado péssimo. Já aqui estava. Dizem que amanhã há mais. Desde que não haja granizo por mim tudo bem.

    ResponderExcluir